&

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Saudade! Você é Lua.










Oh! Desejo que me trai, esse!
Que minha alma ensandece
De a lembrança o efervescer
A querer o agridoce do seu beijo

Renovar a insanidade gritante
Da entrega total de meu corpo
Sem pudor em teu abraço amante.

Esparge na janela esperança
Ao debruçar um novo dia
No esvair ardido de um sol

Que se faz em noite de lua
A trazer-me tu, em chama nua...
Saudade, essa vontade, também lhe trai,
E diz que me ama num incontido ai.






4 comentários:

Rose S disse...

Bela e emocionante poesia! parabéns.

Anônimo disse...

Eu li.... e amei cada linha... Beatriz....

Regina Costa disse...

Linda. Tuas letras me parecem tão conhecidas...**..**

ania disse...

..."Saudade, essa vontade, também lhe trai,
E diz que me ama num incontido ai."
...diz...