&

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Nostro Amoré Insano.






Adornado e Alvissareiro,
A poesia asas desdobra
Adestrado verso fagueiro
A voar a ti sem descanso

Alhures a perscrutar
Acolá, nos remansos,
Aonde jazem os sonhos

Acorda princesa minha
Assim ao ler estas linhas
Acossada neste degredo

Acolha de mim a ilusão
Atenta ao nosso segredo
Àquele, não há distancia,
Ame! Em nosso coração.










3 comentários:

Rose S disse...

Linda demais essa poesia! Ah! o amor...Ame.

Sonia Gonçalves disse...

Maravilhoso!Seu blog e seus poemas são apaixonantes!Parabéns saio com a alma embevecida de encanto...Beijos

Michel BENGARROUH disse...

Bela poesia romântica.!!!!!
Eu amo